CONGRESSO “INDÚSTRIA E DESENVOLVIMENTO” (CENTRO CELSO FURTADO)

 

O Centro Celso Furtado

Criado em 2004, o objetivo do “Centro Internacional Celso Furtado”, formulado no manifesto apresentado pelo então ministro Luiz Dulci em setembro de 2005 na Conferência de Helsique, é “aprofundar, sistematizar e formular projetos de investigação e pesquisa em torno dos temas cruciais do desenvolvimento do século XXI”, ou como sintetizou Tania Bacelar de Araujo, atual presidente do Conselho Deliberativo do Centro: documentar o desenvolvimento, estudar, formar, debater e propor iniciativas sobre desenvolvimento.

Para a consecução de seus objetivos o Centro, que abriga a biblioteca pessoal de Celso Furtado, vem formulando um conjunto de projetos, que abrangem desde bolsas de estudo e de pesquisa, a publicações, cursos de formação, debates sobre questões como as da reforma agrária, da educação e saúde pública no Brasil, programas como os que envolvem o desenvolvimento regional, especialmente da região Nordeste, e o estudo da economia dos países emergentes, nomeadamente a China, a Índia, a África do Sul, e da América Latina.

Cumprindo esses objetivos, o Centro se dedica na realidade à tarefa de atualizar a agenda do desenvolvimento. Nas palavras de Luiz Gonzaga Belluzzo: “O Centro Internacional Celso Furtado de Políticas para o Desenvolvimento nasce com o propósito de honrar a trajetória do mestre. O que implica, desde logo, o compromisso intelectual de encarar com igual desassombro os desafios teóricos e políticos do desenvolvimento em nosso tempo”.

O Centro Internacional Celso Furtado é uma associação civil de direito privado, de interesse público, sem fins lucrativos. Todos os seus dirigentes eleitos são benévolos.

***

O Centro Internacional Celso Furtado de Políticas para o Desenvolvimento organiza em agosto de 2018 um congresso sobre a Quarta Revolução Industrial e seus impactos na estrutura produtiva nacional.
O que é a Indústria 4.0? O que vêm fazendo os países desenvolvidos e em desenvolvimento para ingressar nessa nova onda? A Indústria 4.0 é uma janela de oportunidade para o Brasil dar um salto em sua trajetória de desenvolvimento?

​​

A quarta revolução industrial poderá aumentar a distância do parque produtivo nacional em relação à fronteira tecnológica internacional?


INDÚSTRIA E DESENVOLVIMENTO: A NOVA ONDA DA INDÚSTRIA 4.0
E O FUTURO DO BRASIL
Local: Auditório – Clube de Engenharia – Rio de Janeiro
(Av. Rio Branco, 124, 20º andar, Centro)

 

PROGRAMA:

DIA 9 DE AGOSTO


9h30-10h
Abertura
Roberto Saturnino Braga – Diretor-presidente do Centro Celso Furtado
Samuel Pinheiro Guimarães – Presidente do Conselho Deliberativo do Centro Celso Furtado
Rosa Freire d’Aguiar – Membro do Conselho Deliberativo do Centro Celso Furtado
Pedro Celestino – Presidente do Clube de Engenharia
Marcelo Arend – Coordenador do 4º Congresso Internacional

10h-11h
Conferência de Abertura
Quarta revolução industrial e os desafios para o Brasil
Luciano Coutinho (Unicamp)

11h-13h
Os trabalhadores e a indústria 4.0
João Eduardo de Moraes Pinto Furtado (USP)
Artur Henrique Santos (Fundação Perseu Abramo)

 

14h-16h
Diagnósticos dos problemas da indústria nacional
Antonio Correa de Lacerda (PUC/SP)
Marcelo Arend (UFSC)
Marcio Pochmann (IE/Unicamp / Fundação Perseu Abramo)

 

16h15-18h15
Perspectivas de desenvolvimento industrial
Carmem Feijó (UFF)
Esther Dweck (IE/UFRJ)
José Eduardo Cassiolato (IE/UFRJ)

DIA 10 DE AGOSTO
10h-12h30 
Vocações do Brasil e a questão industrial
André Furtado (DPCT/Unicamp)
Reinaldo Guimarães (NUBEA/UFRJ)
Paulo Cesar Smith Metri (CREA-RJ/Clube de Engenharia)
Marcio Nobre Migon (BNDES)

 

14h – 16h
Políticas de Inovação para a indústria 4.0
David Kupfer (IE/UFRJ)
Eduardo da Motta Albuquerque (CEDEPLAR/UFMG)
Jorge Saba Arbache Filho (UnB / Secretaria de Assuntos Internacionais – Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão)

16h15- 17h15 Conferência de Encerramento
As mudanças da geopolítica mundial e as estratégias brasileiras
Embaixador Celso Amorim

17h15
Exibição do filme
“Livre pensar — cinebiografia de Maria da Conceição Tavares”, de José Mariani, em presença do diretor.

O congresso é gratuito. A inscrição é obrigatória: 

http://centrocelsofurtado.org.br/interna.php?ID_S=140

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: