PALESTRA “NISE DA SILVEIRA, ANTES DO ENGENHO DE DENTRO: INTERVENÇÕES NA CRIMINOLOGIA”, POR DYLAN BLAU EDELSTEIN (FULBRIGHT)

Nise entre professores e alunos durante uma aula de anatomia na Faculdade de Medicina da Bahia. Fonte: http://www.itaucultural.org.br/ocupacao/nise-da-silveira/nise/

O Blog da BVPS convida para a palestra “Nise da Silveira, antes do Engenho de Dentro: Intervenções na criminologia” a ser proferida por Dylan Blau Edelstein (Fulbright), no dia 8 de novembro de 2018, quinta-feira, às 17 horas, no IFCS/UFRJ (Largo de São Francisco, 1, Centro, Rio de Janeiro). O evento é organizado pelo Núcleo de Estudos Comparados e Pensamento Social (NEPS/UFRJ/UFF).

O resumo da palestra segue abaixo:

Em 1946, diante das práticas de lobotomia e eletrochoque que dominavam o mundo psiquiátrico, a médica Nise da Silveira foi pioneira no uso de terapias alternativas ao introduzir a expressão criativa e artística no tratamento da esquizofrenia. Esta é uma história famosa. Mas como Silveira chegou a desenvolver um trabalho tão original? Dylan Blau Edelstein, pesquisador norte-americano formado pela Universidade de Princeton, passou o último ano no Rio de Janeiro desenvolvendo uma pesquisa sobre a biografia de Nise da Silveira que cobriu os anos anteriores à implementação das inovações conhecidas. Nessa apresentação, o pesquisador abordará a tese de doutoramento da médica alagoana. Formada em 1926 pela Faculdade de Medicina da Bahia, sendo a única mulher em uma turma de mais de 150 alunos, Nise defendeu a tese “Ensaio sobre a criminalidade da mulher no Brasil”, na qual mergulhou no campo da “Criminologia Positiva”. A tese explora as dimensões biológicas e sociológicas da prostituição e da criminalidade feminina, e contém um diálogo com famosos criminologistas como Cesare Lombroso. Como podemos evitar anacronismos ao analisar esses textos no presente? Como tratar Silveira como uma pensadora de sua época? Há traços da figura quase mítica que se formou depois, em seus trabalhos iniciais? E por fim: quais as implicações dos discursos criminológicos daquele tempo nos dias de hoje?

Um abraço a todas e a todos,

Equipe BVPS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: